Brasília se veste de rosa no mês de outubro

Brasília se veste de rosa no mês de outubro

Iniciativas de empresas como a incorporadora Lotus buscam conscientização para prevenir o câncer de mama

No mês de outubro, é comum que prédios públicos adotem a cor rosa para suas fachadas em celebração ao Outubro Rosa, mês da campanha que visa alertar a sociedade sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama. Antenadas com as questões sociais e de saúde pública, algumas empresas privadas também já aderiram à iniciativa. É o caso da incorporadora Lotus, com base em Brasília. “Não é apenas iluminar nossa fachada com a cor rosa em alusão ao Outubro Rosa. Nós vamos além. Estamos preparando um dia especial para ações de conscientização dos nossos colaboradores – homens e mulheres. Todos precisam do alerta para o cuidado com a saúde”, destaca o empresário Luiz Felipe Hernandez, sócio da Lotus.

No dia 19 de outubro, às 9h, a Lotus realiza o evento para colaboradores. Será um café da manhã especial com palestra, exposição e material de apoio, preparado por profissional da saúde, sobre a importância da prevenção para diagnóstico precoce e para o combate ao câncer de mama.

Boas Práticas

A Lotus tem sua sede no Noroeste, bairro da capital onde estão a maior parte dos empreendimentos da empresa. Intitulada Casa Lotus, a empresa está sempre em busca de um trabalho humanizado junto a seus colaboradores. 

Em apenas 4 anos no mercado, a Incorporadora Lotus já se destaca por oferecer um novo capítulo para a construção civil. Liderada por dois jovens – Luiz Felipe e Ruy Hernandez, a empresa já lançou 8 empreendimentos e se destaca pelo investimento em ESG. A sigla, em inglês, significa “Environmental, Social and Corporate Governance”, e se refere às melhores práticas ambientais, sociais e de governança. 

“Crescemos muito desde a inauguração da Lotus, ampliamos nossos horizontes no que diz respeito ao empreendedorismo, mas jamais vamos esquecer que toda execução dos nossos projetos tem as mãos de colaboradores competentes e muito profissionais. Nós valorizamos primeiro o ser humano”, finaliza Luiz Felipe

4 dicas de lazer para curtir no Noroeste

4 dicas de lazer para curtir no Noroeste

Se você mora ou gostaria de morar no Setor Noroeste, em Brasília, já deve saber dos inúmeros benefícios que o melhor bairro da Capital Federal reserva: qualidade de vida, localização privilegiada, segurança, sustentabilidade e maior potencial de valorização por m². Mas, além disso, o último bairro de BSB ainda tem ótimas opções de lazer para todos os gostos. Confira algumas opções para se divertir:

  • Caso praticar esportes seja a sua praia, existem várias opções para dar aquela endorfinada ao ar livre. Você pode caminhar, correr ou pedalar pelas pistas que atravessam as entrequadras ou naquela que acompanha toda a W7. Para os mais aventureiros, é possível fazer trilhas por dentro do Parque Burle Marx. Além disso, ainda dá para escolher entre tantas possibilidades de aulas e atividades livres que acontecem nas quadras esportivas: futebol, basquete, voleibol, futevôlei, beach tennis, capoeira ou calistenia. De segunda a sexta-feira, a Green Fit ainda marca presença nas quadras com treinos em horários variados.

  • Você é um “pai ou mãe de pet”? Bem-vindo ao time. O Noroeste é seu lugar! Não é necessário andar muitos metros pelas entrequadras para flagrar os vizinhos passeando com seus animaizinhos. O bairro possui um conceito pet-friendly, com pontos com saquinhos de lixo e bebedouros para cães espalhados. A comunidade canina é tão expressiva que os moradores que têm animais de estimação promovem encontros diários nos gramados livres para que os amigos peludos possam brincar juntos. E, claro, os humanos também passam a interagir bastante. Demais, né?

  • Os gramados do bairro convidam lhe para relaxar. No clima fresquinho debaixo de uma árvore, é possível fazer um piquenique com a família, ler um bom livro em uma rede ou arriscar-se em novas atividades como praticar slackline. Na direção oeste, atrás da W9, o pôr do sol é uma atração à parte.

 

Selvas urbanas: plantas ganham cada vez mais espaço dentro dos lares modernos

Selvas urbanas: plantas ganham cada vez mais espaço dentro dos lares modernos

Localização privilegiada no centro da cidade, sim! Muito verde e conexão com a natureza, também. Febre entre os millenials (nascidos entre o início da década de 1980 e o fim do século passado), as chamadas urban jungle prometem unir em um só conceito esses dois desejos que, a primeira vista, parecem ser incompatíveis e até inconciliáveis, na hora de escolher um lugar para chamar de lar. Por esse motivo, a tendência chama atenção de quem a conhece e ganha cada vez mais espaço nos projetos de arquitetura e decoração.

Não estamos falando de uma plantinha aqui, outra ali. Mas de mini selvas dentro de apartamentos, no alto dos edifícios! Por meio de plantas domésticas ou paisagismo nas fachadas (ou ainda, os dois juntos, por que não?), o verde que contrasta com o cinza do concreto é uma escolha de muita personalidade! Não por acaso, a cor verde Greenery foi anunciada pela Pantone como a cor do ano, em 2017. A cor simboliza recomeços e reforça a conexão com a natureza.

Além de estética, as urban jungle também tem a ver com estilo de vida. Um dos motivos que ganhou os corações de uma geração inteira, em específico. Os jovens adultos querem a praticidade urbana, sem deixar o relax de lado. Esse conceito convida moradores da cidade a enxergarem o mundo de fora como parte de dentro de casa. Além disso, as plantas trazem para perto os benefícios do contato com a natureza: elas purificam o ar; renovam as energias do ambiente; contribuem com a sensação de bem-estar e aconchego, principalmente se aliadas com outros materiais naturais mais “quentes”, como madeira e palha; e reduzem o estresse, principalmente considerando que a jardinagem é uma atividade terapêutica.

A urban jungle dos sonhos pode ser construída por meio de paredes vivas ou, então, por meio de composições usando vasos, peças de macramê, suportes e prateleiras. No último caso, o segredo é variar as alturas, texturas, cores e volumes das plantas. Nessa proposta, não existe exagero. Quanto mais plantinhas, melhor! Veja algumas inspirações:

Pensando nestes benefícios, nossos lançamentos 310 Lotus e Alma contam com fachada viva com paisagismo integrado e sistema de irrigação automatizada. São projetos autorais dos renomados escritórios de arquitetura Valeria Gontijo + Arquitetos, Crosara Arquitetura e Ana Paula Roseo Paisagismo. Venha conhecer!

5 motivos pelos quais vale a pena morar no Setor Noroeste em Brasília

5 motivos pelos quais vale a pena morar no Setor Noroeste em Brasília

O que significa morar bem para você? Essa pergunta pode ser mais complexa do que parece à primeira vista e a resposta varia dependendo de quem responde, a considerar suas prioridades, sonhos, estilo de vida e tamanho da família, por exemplo. Mas independente dessas peculiaridades, há um fato latente: nem sempre é fácil combinar todos os itens dessa lista de desejo pessoal, na busca do lar ideal. Conforto, espaço amplo, lazer, segurança, comodidade, boa localização… onde encontrar tudo aliado? O mais novo e último bairro da capital federal pode ser a resposta: conheça o Setor Noroeste e entenda o que a região tem para te convencer a ser o seu próximo endereço.

1)   É o melhor bairro de Brasília

Todo mundo sabe: Brasília é uma cidade inteiramente planejada e é referência em arquitetura e urbanismo, não a toa é a única cidade moderna a receber o título de patrimônio cultural e histórico da humanidade. O que garante inúmeros benefícios como infraestrutura adequada, saneamento e boa mobilidade. Por outro lado, os primeiros bairros que nasceram com a cidade envelhecem junto com ela. O Noroeste é o último bairro da área planejada do Plano Piloto: isto significa que o setor se beneficia das vantagens que se tem ao viver no centro da Capital, mas com o diferencial de contar com empreendimentos modernos, novos e de altíssimo padrão de acabamento. E tem mais: não é incomum ver bairros novos sofrendo um “boom” em crescimento populacional, ocasionando em problemas como trânsito intenso de pessoas e veículos. Esse fenômeno não atinge a região que é nobre e foi projetada para ter baixa densidade habitacional.

2)   Localização privilegiada

A cerca de 10 minutos do centro de Brasília, o Noroeste fica próximo a shoppings, supermercados, bares, restaurantes, escolas, faculdades, academias, salões de beleza, hospitais e muito mais! São vários pontos de acessos ao bairro, por meio das vias W7 e a recém-inaugurada W9. Se preferirem, os moradores nem precisam pegar o carro ou sair do bairro, que conta com o conceito de “superquadra” e comércio de alta qualidade com rápida expansão.

3)   A combinação de sustentabilidade e tecnologia

Você sabia? Esse é o primeiro bairro 100% ecológico do Brasil, com medidas que reduzem o impacto e contribuem para a preservação do meio ambiente, como: aquecimento solar de água; reaproveitamento da água das chuvas; iluminação pública com lâmpadas de LED; lixeiras subterrâneas, que evitam proliferação de pragas e liberação de odores; e ciclovias e pistas de cooper, que incentivam o hábito de caminhadas e uso de bicicletas. Contribuindo com a cultura do bairro e a utilização de energia limpa e renovável, os nossos empreendimentos no Noroeste – Sophistique, 310 Lotus, 311 by Lotus e Alma –  contam com pontos de carregamento para veículos elétricos.

 

4)   Muita qualidade de vida

Sabe aquele lugar gostoso de morar? Nada como caminhar cedinho pelas entrequadras arborizadas do Noroeste, fazer um piquenique em um dos inúmeros cenários verdes do bairro, fazer uma corrida, andar de bicicleta ou levar os filhos para brincarem nas praças com parquinhos infantis e quadras poliesportiva ou de areia. Tudo com muita tranquilidade, graças à segurança acima da média. O bairro é ideal para famílias e ainda possui conceito pet-friendly. Falando em diversão, todos os empreendimentos residenciais têm, obrigatoriamente, área de lazer, que podem contar com churrasqueira, piscina, sauna e mais! Isso sem falar no “quintal” da região: o Parque Burle Max, que será o segundo maior do Distrito Federal. O Parque Nacional de Brasília também fica ao lado, a cerca de 4km.

5)   Alto potencial de valorização

Além de morar, o Noroeste concentra excelentes oportunidades para investimentos. Todos esses elementos colaboram para que o bairro tenha o metro quadrado mais valorizado de Brasília atualmente e maior potencial de valorização para os próximos anos. Em meios aos prédios que vão sendo construindo, nascem oportunidades imperdíveis de negócio.

E, aí? Já se apaixonou pelo Noroeste? Agora, é só escolher qual dos nossos empreendimentos no bairro é o ideal para você. Conheça: Alma, 310 Lotus, 311 by Lotus e Sophistique.

10 itens tecnológicos incríveis para a sua residência

Sabemos que o conforto e o bem-estar são primordiais no mercado imobiliário
de luxo, por isso fizemos uma lista com 10 itens tecnológicos incríveis para ter
na sua residência e deixá-la ainda mais aconchegante. Confira:

1 – Robô aspirador
Acessório muito prático, o aspirador robô limpa de maneira rápida e sem a
intervenção humana, eliminando a poeira, detritos, pelos de animais e outros
tipos de sujeira embaixo de móveis e nos cantos mais difíceis de alcançar. Os
melhores do mercado mapeiam toda a área do imóvel para fazer uma limpeza
completa, aspiram e também passam pano, tem programação através de APP
e por comando de voz e voltam para base automaticamente para se
carregarem.

2 – Infraestrutura para energia de veículos elétricos
Mesmo ainda com pouca representatividade no total da frota brasileira, as
vendas de veículos elétricos e híbridos têm crescido e batido recordes a cada
ano. E é pensando em atender bem a essa demanda crescente, que todo o
empreendimento Lotus conta com infraestrutura para a carga de energia de
veículos elétricos.
3 – Preparação para instalação de sistema de automação
Ter a sua disposição a preparação para instalação de sistema de automação é
um diferencial e também uma tecnologia oferecida nos apartamentos dos
empreendimentos da Lotus. Um sistema de automação é capaz de acionar
alarme, ligar e desligar luzes, abrir cortinas, controlar sistemas de som e ar
condicionado, por exemplo,
4 – Jardineiras automatizadas
Para quem não consegue cuidar das plantas em casa, as jardineiras do 310
Lotus são ótimas opções! Elas são irrigadas automaticamente, sendo
controladas pelo condomínio e o resultado é um paisagismo incrível.

5 – Forno conectado
Os fornos smart permitem que o usuário verifique se esqueceu o forno ligado e
pode desligá-lo de onde estiver, evitando preocupações e problemas. Pode
deixar uma receita preparada e ligar o forno à distância, para chegar em casa
já com um bolo ou um assado encaminhado. Pode verificar por uma câmera

interna o andamento da cocção sem precisar abrir a porta do forno e receber
notificações de quando seu preparo estiver pronto, por exemplo.
6 – Vaso sanitário inteligente
Já imaginou um vaso sanitário que saiba exatamente a hora de dar descarga?
Ou que regule a temperatura? É possível com as opções de privadas
inteligentes disponíveis no mercado. Conectada ao Wi-Fi e a um assistente
virtual, esse equipamento é prático e contribui para uma rotina mais confortável
e cômoda.
7 – Tv flexível
A LG começou a vender no final de 2020 a TV OLED com tela flexível que se
enrola na própria base. Por meio de um controle remoto, você pode alternar
entre três modos: Full View, que transforma a Signature OLED R em uma TV
de 65 polegadas; Line View, que exibe apenas um relógio ou a previsão do
tempo; e Zero View, para ouvir música enquanto aproveita uma sensação de
espaço maior na sala de estar.
8 – Aquecimento solar misto com aquecimento a gás
A função solar é uma tecnologia presente apenas em alguns modelos
específicos de aquecedores a gás digitais – que também estão presentes em
todos os empreendimentos da Lotus. O aquecedor a gás recebe a água pré-
aquecida proveniente do sistema de aquecimento solar, e se necessário
aquece a água para se chegar à temperatura programada. Dessa forma você
acaba economizando gás sempre que a água já estiver na temperatura
desejada.
9 – Campainha inteligente
Primeira campainha inteligente do mundo, a Belle, além de estar conectada ao
Wi-Fi, recebe visitantes e encomendas com cumprimentos e educação. Uma
espécie de porteiro digital, a campainha faz reconhecimento facial, além de
enviar notificações para o celular.

10 – Filtros de água com gás
Para quem gosta de água com gás ter um filtro com essa funcionalidade é uma
excelente opção para fazer bebidas gaseificadas, saborosas, saudáveis e
naturais que vão harmonizar com qualquer ocasião.

Valor é diferente de preço.

“Preço é o que você paga e valor é o que você leva” – Warren Buffet

O Brasil é um país populoso e Brasília se tornou a terceira maior capital, ficando atrás somente de São Paulo e Rio de Janeiro. No Distrito Federal, os indicativos são ainda mais animadores. A estabilidade financeira aliada a um PIB per capita, 2,5 vezes maior que a média nacional e o aumento populacional estão  impactando diretamente o mercado imobiliário. O resultado é a crescente demanda que tem se apresentado seguidamente. Sendo assim, o Distrito Federal firma sua posição de destaque no cenário nacional como um dos mercados mais atrativos para se investir.

Escolher os melhores investimentos imobiliários envolve diversas variáveis, incluindo as questões relacionadas à percepção de valores e preços. E em termos comparativos, valor é bem diferente de preço.

Quem compra algo busca absorver toda a somatória de diferenciais que um empreendimento oferece, construindo dessa forma a percepção real de valor. Se por algum motivo isso não ocorrer, o valor que era para ser percebido de forma positiva, acaba se tornando um preço caro a se pagar. Essa relação compreende muitos detalhes, que em certos casos, podem atrapalhar uma negociação quando não são bem esclarecidas.

Geralmente as variáveis mais importantes para a precificação de um imóvel são:  localização, área privativa, quantidade de dormitórios, números de vagas, etc. Além destas, deve-se considerar outros fatores indiretos, que em conjunto são tão ou mais importantes que as citadas acima. É o que torna o imóvel único, seu conceito, o projeto, diferenciais construtivos e arquitetônicos.

Portanto, quando se trata de avaliação sobre aquisição de um imóvel é importante considerar o negócio como um todo, não apenas pelo prisma do preço, mas principalmente pelo aspecto do valor relacionado ao preço que está sendo cobrado.

Pensamos na experiência que cada empreendimento entrega, estudamos minuciosamente o potencial de valores agregados de todos os projetos e como isso contribui para o retorno de quem vai investir, e em como a Lotus pode fazer a diferença no mercado. Conheça todos os detalhes, do projeto à finalização de cada obra, todos os conceitos desenvolvidos e a importância que isso tem na hora de investir.

Conheça a Lotus e os nossos projetos. Invista melhor.

 

Fonte: Lótus

 

Tendências do mercado imobiliário de luxo em 2021

Tendências do mercado imobiliário de luxo em 2021

Se tivermos que eleger duas palavras-chave para definir as principais tendências no mercado de luxo em 2021, elas seriam: conexão e privacidade.

Com a nova realidade imposta pela pandemia os lares se transformaram em verdadeiros refúgios para seus moradores e por isso precisam ser cada vez mais “o melhor lugar do mundo para se estar”. E como conseguir isso?

Automação

Hoje a procura por automação nos projetos está ainda mais em alta. As chamadas “casas inteligentes” chegaram para ficar.

De acordo com a arquiteta Marina Guaitoli, o conceito de casas inteligentes engloba residências que, devido ao sistema de automação, permitem que o usuário tenha controle sobre as diversas utilidades, oferecendo mais conforto, autonomia, segurança e também economia.

Ações como acender a luz, trancar a porta, comandar o fechamento de cortinas, o acionamento de água da torneira ou verificar se algum movimento estranho foi detectado, através de comandos de voz ou de alguns toques na tela do celular, estão em voga.

Privacidade

Além disso, de acordo com a arquiteta, também foi possível notar uma maior procura por apartamentos de cobertura e um desejo intensificado por jardins internos ou opções de apartamentos garden.

“Sinto que com a maior flexibilização dos trabalhos, as pessoas também estão repensando as maneiras que utilizam os seus lares. Elas estão passando a maior parte do tempo dentro de casa e por isso anseiam por mais privacidade”, pontua Marina.

Integração com a natureza

A procura por uma nova forma de viver, mais conectada com a natureza, é outra tendência percebida. Passamos a valorizar os ambientes maiores, mais arejados, mais iluminados e que tragam uma sensação maior de liberdade.

As plantas, os tons mais opacos e os projetos com mais amplitude e integração entre os ambientes são desejos requisitados.

“Com mais tempo em casa as pessoas estão cozinhando mais, então aumentaram os pedidos de integração de ambientes e uma busca por amplitude. Ter uma sala integrada a cozinha e a varanda tem se tornado mais frequente nos projetos em que faço”, ressaltou Marina Guaitoli.

Alma

E não é que temos um projeto que une todas essas tendências? Sim, estamos falando do Alma, localizado no setor Noroeste.

Quando falamos de conexão e automação o projeto do Alma apresenta biometria para porta de acesso ao elevador privativo, preparação para automação no apartamento, além de vaga da garagem com preparação para instalação de carregador veicular. Sem contar o paisagismo integrado na fachada, que traz brises móveis e uma fachada única.

Já na questão da integração e privacidade, podemos evidenciar a metragem de 272m² a 486m², as quatro suítes, a sala ampla com cozinha integrada e o hall com elevador privativo.

O empreendimento está em obras, mas em breve será lançado. Enquanto isso, fica aqui o convite para que você conheça um pouco mais deste projeto autoral e de alto padrão da Lotus, que veio para resgatar a arquitetura de Brasília através de projetos únicos e desruptivos.

Fonte: Entrevista com a arquiteta Marina Guaitoli – A148078-2.

Por que investir em imóveis?

 Por que investir em imóveis? 

Imóvel é um dos investimentos mais tradicionais dos brasileiros e também um dos mais desejados.
Há cerca de 30 anos um dos únicos investimentos considerados seguros era comprar um imóvel. O próprio ambiente justificava essa crença: inflação galopante, gastos públicos descontrolados e economia atrofiada. Nessa época o lema de investimentos seguro era algo como: “compre tijolo, ele não vai desaparecer” – uma alusão ao risco dos investimentos financeiros.  E fazia todo sentido, pois o ambiente inflacionário corroía o poder de compra da moeda e era muito difícil para qualquer um calcular com a mínima confiabilidade o retorno esperado de qualquer ativo financeiro.

Os anos se passaram, o cenário atual é outro, e muitas dúvidas ainda surgem. Nós aqui da Lotus acreditamos que a carteira do investidor deve ter muitos mais “e” do que ‘’ou”. Isso significa que preferimos a mentalidade de ter diversificação no seu portfólio e não apenas ter que apostar em uma única escolha. Imóveis são ótimos investimentos e podem fazer parte da sua estratégia de aplicações.

O mercado

As vendas de imóveis no segundo trimestre de 2020 registraram alta de 10,5% em relação ao mesmo período de 2019, segundo dados da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc). Só entre os meses de abril e maio foram comercializadas 31.627 unidades de imóveis. A queda dos juros e a perspectiva de que a economia vai se recuperar entre o médio e o longo prazo levam investidores a procurar opções mais seguras, como imóveis, para diversificação de carteiras.

Vale lembrar que por conta da pandemia, os lares se transformaram também em escritório, academia, sala de aula e isso acabou mexendo com o mercado de imóveis. Por isso, desde o começo do isolamento social cresceu a procura por imóveis com mais espaço.

Aliado a essa procura estamos também no menor patamar de taxa de juros da história. Em 2017, o mercado imobiliário trabalhava com uma taxa de 11% ao ano. Atualmente, opera com menos de 7% ao ano. Isso em um financiamento de 30 ou 35 anos representa um impacto significativo no montante final.

Vantagens

  • Renda mensal – os imóveis podem assegurar aos investidores uma renda mensal através do aluguel e essa renda se torna ainda mais valiosa com a queda na taxa de juros. Com o surgimento de novas empresas que facilitam o processo de locação, a iniciativa demanda menos gestão e traz mais segurança ao investidor.
  • Menor instabilidade – é um investimento seguro, que sofre menos impacto das instabilidades financeiras. “Em momentos de crise, quando ativos de renda variável mostram grandes quedas, o preço dos imóveis é pouco afetado”, diz Luiz França, presidente da Abrainc.
  • Rentabilidade – quem investiu em imóveis há 10 anos, época em que a taxa de juros era bem atrativa para outros investimentos, teve ganhos superiores a aplicações em renda fixa, por exemplo. Mesmo em um período de alta taxas de juros e marcado por uma forte recessão econômica, que ocorreu entre 2014 e 2018, a rentabilidade média obtida com investimento em imóveis manteve-se estável segundo a Abrainc.
  • Valorização – não podemos nos esquecer da valorização que o imóvel pode ter. Valorização essa que costuma ter na média um valor superior à inflação, além de ser um segundo tipo de ganho, já que podemos considerar a renda mensal do aluguel.

Fonte: Infomoney, Exame e Valor Econômico

 

O mercado imobiliário continuará aquecido em 2021.

O mercado imobiliário continuará aquecido em 2021.

Apesar de estarmos vivendo uma pandemia global, que infelizmente quebrou e desestruturou muitos negócios e economias em praticamente todo o mundo, o mercado imobiliário brasileiro percorreu um caminho inverso em 2020, como um dos segmentos econômicos que mais cresceram em diversos aspectos, tornando-se uma grata surpresa para muitas pessoas, especialmente para os investidores.

Vivemos um ano com excelentes resultados, motivados por fatores distintos, questões diversas e até subjetivas, novos formatos relacionados ao maior tempo de convívio familiar, trabalho em casa e as adequações decorrentes deste, intensificação das relações por meios digitais e a oportunidade do retorno diante do novíssimo cenário, como investimento propriamente dito.

E por se tratar de um segmento específico, com produtos de alto valor agregado, o mercado imobiliário é tradicionalmente muito ligado à créditos quando observamos o desempenho dos números relacionados à comercialização e vendas,  o que tornou a taxa de juros um dos principais gatilhos motivadores de toda essa performance.

Tudo funciona como um ciclo de auto impulsionamento. Na maioria das vezes quem compra um imóvel acaba fazendo a operação através de financiamentos, com as taxas de juros baixas o crédito se torna mais atraente, a compra do imóvel fica mais vantajosa e consequentemente mais pessoas acabam fazendo a aquisição.

Resultado: aumento direto na quantidade e diversidade de lançamentos, melhores oportunidades para comprar e a certeza dos melhores negócios para quem quer investir.

Esse é um dos motivos para o mercado imobiliário estar vivendo um momento tão expressivo, com indicadores positivos e ao que tudo indica, com perspectivas ainda melhores para 2021. Com a demanda pressionando o mercado, movida por diversos fatores, a necessidade por imóveis deve aumentar em todos os segmentos.

Sendo assim, o mercado imobiliário continua atento ao momento extremamente oportuno e segue lançando empreendimentos, a taxa de juros se movimenta dentro de uma margem segura e gradativa e isso tudo resulta em estímulos amplos para a economia. Ou seja, para quem vinha se programando e buscando indicadores sobre onde e como investir em relação ao melhor momento, diante de fatos e perspectivas, saiba: o mercado imobiliário continuará indo muito bem.

 

Redação: Lótus

Procura por imóveis maiores e mais confortáveis cresce durante pandemia

Procura por imóveis maiores e mais confortáveis cresce durante pandemia

Ter espaço nunca fez tanta falta como agora. Afinal, com a nova realidade que nos trouxe o Covid-19, quase todas as atividades estão sendo feitas no mesmo local.

Os lares se transformaram também em escritório, academia, sala de aula e isso mexeu com o mercado de imóveis. Por isso, desde o começo do isolamento social cresceu a procura por imóveis maiores.

Um levantamento feito por um dos maiores portais imobiliários do Brasil mostra que a procura por imóveis com varan

da cresceu 128% em maio de 2020, se comparado com o mesmo período em 2019.

Já em setembro de 2020 o número de pessoas em busca de imóveis com quatro quartos aumentou 58%; por três quartos, 9%. Entretanto, a procura pelos menores diminuiu. Para os de dois quartos caiu 22%, e para um quarto, despencou 37%.

 

Mudança de comportamento

Se antes existia uma tendência por imóveis mais compactos, com boa localização e próximos ao trabalho, agora temos um movimento contrário, no qua

 

l muitas pessoas vão trabalhar em suas residências e estão prezando por mais conforto e espaço, ainda que possa ser distante dos grandes centros.

É importante ressaltar que o Brasil possui 20,8 milhões de pessoas que podem utilizar o home office ou teletrabalho, o que corresponde a 22,7% dos postos de trabalho, segundo estudo publicado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). E o Distrito Federal apresenta o maior percentual de teletrabalho (31,6%) do país, o que representa em torno de 450 mil pessoas.

De acordo com a presidente da Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança), Cristiane Portella, as pessoas estão buscando comprar o primeiro imóvel ou trocar por um maior, pois há uma tendência de valorização do ambiente doméstico, seja para o home office ou para o lazer.

Além disso, estamos no menor patamar de taxa de juros da história. Em 2017, o mercado imobiliário trabalhava com uma taxa de 11% ao ano. Atualmente, opera com menos de 7% ao ano. Isso em um financiamento de 30 ou 35 anos representa um impacto muito grande na prestação. 

E será que vale a pena ter um espaço maior?

O tamanho de um imóvel pode ser um critério fundamental na hora de escolher um lugar para morar. E os espaços maiores, também possuem vantagens, como:

  • Mais possibilidades

Um imóvel de maior metragem expande as opções do proprietário. Muitas vezes é possível  reformar cômodos para ter espaços mais luxuosos e exclusivos.

  • Maior valor de mercado

Adquirir um imóvel maior e de luxo costuma trazer mais rentabilidade de investimento e está entre os mais seguros e menos voláteis do momento, A maioria dos compradores são consumidores finais que buscam, além de conforto, mais espaço, melhor localização e opção para destinar parte de suas reservas em um cenário no qual a renda fixa não se mostra atrativa e há muita volatilidade na bolsa.

Chat Lotus
Precisa de Ajuda?

Fale com um dos nossos corretores agora mesmo!

Abrir Chat